1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Governo arrecada R$ 6,5 bilhões com os leilões de áreas do pré-sal

Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) ofertou em leilão um total de oito blocos para a exploração da produção de petróleo e gás em áreas de pré-sal

Duas áreas não foram vendidas nas 2ª e 3ª Rodadas de Partilha de Produção, reduzindo a arrecadação do governo brasileiro para R$ 6,15 bilhões, R$ 1,6 bilhão a menos do que o previsto (R$ 7,75 bilhões).


A Petrobrás e a Shell foram as petroleiras que mais compraram no leilão realizado nesta sexta-feira, 27, e venceram em parceria a disputa pelo campo no entorno de Sapinhoá, na bacia de Santos. No total, sete empresas venceram a 2ª Rodada e seis a 3ª Rodada.

 

O leilão começa depois de o governo derrubar uma liminar da Justiça Federal do Amazonas que, na noite de quinta, suspendeu as licitações a pedido do Sindicato dos Petroleiros do Amazonas.




Minuto a Minuto