Ilusão no peso dos ovos de Páscoa esconde preço maior

Economia & Negócios

26 Março 2018 | 14h19

Cada ano que passa o consumidor que não abre mão de comprar ovos de chocolate para a Páscoa se depara com pesos cada vez menores nas embalagens. Fica a falsa sensação de que os preços se mantiveram em relação ao ano anterior. Com este artifício de vendas você está adquirindo menos chocolate.

As embalagens iludem com seus suportes plásticos para manter o ovo na vertical. Se não olhar bem o peso estampado na rotulagem você não se dá conta de que os ovos de 250 ou 500 gramas, por exemplo, já não são facilmente encontrados no mercado.

Não é obrigatório manter o mesmo peso de anos anteriores, mas a mudança deve ser destacada na informação da embalagem, principalmente se o produto for vendido por número, por exemplo.

A “maquiagem de produtos” é uma estratégia para disfarçar o preço mais alto, diante da pressão de custos. Essa prática é proibida desde 2002 pela Portaria 81, que determina que as alterações quantitativas devem ser informadas, pelo prazo mínimo de três meses, em área de 20% da embalagem.

A proibição também está prevista no Código de Defesa do Consumidor (CDC) que, em seu artigo 31, determina: “oferta e apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre suas características, qualidades, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros dados.”

A saída é pesquisar preços usando como parâmetro o equivalente a 100 gramas do produto. Há variações significativas de preços no mercado, com produtos que custam o dobro em alguns pontos de venda.

E lembre-se que deixar para comprar em cima da hora arrisca só encontrar produtos mais caros. Para gastar menos vale substituir ovos de chocolate por caixas de bombons e em barras. Mas também nesses casos, não se iluda, as embalagens apesar de aparentemente terem o mesmo tamanho que antes, também trazem menos produtos.

Não deixe de verificar nos rótulos as informações como data de validade, peso líquido e composição. Atenção com os ingredientes que compõe o produto, principalmente se for presentear quem tem restrições alimentares, com impedimento de ingestão de açúcar ou glúten.

Lembre-se que a inclusão de brinquedos no interior do produto, só encarece, mas eles são objetos de desejo das crianças. Se não tiver saída, ao comprar esse tipo de ovo observe se a embalagem traz o selo do Inmetro e a idade para qual o brinquedo é recomendável.

Se deixar a compra para a última hora e só houver produtos promocionais com a informação de que estão “quebrados”, eles devem estar com desconto em relação a outros em perfeitas condições. Saiba que a compra nessas condições não dá direito a troca posterior.

Chocolates de fabricação caseira têm proliferado no mercado. Caso opte por adquiri-los, atenção com a origem. É recomendável ter dicas de quem já comprou, e degustar o produto antes de decidir a compra.

Os fornecedores de ovos de páscoa fabricados artesanalmente, além de terem de seguir as mesmas regras de comercialização dos industrializados, também são obrigados a fornecer nota fiscal.  É sua garantia em caso de troca ou reclamação.