Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » O consumidor e a carne fraca

Suas Contas

0

Economia & Negócios

20 Março 2017 | 23h13

A quaresma é tradicionalmente um período em que cai o consumo de carne com o costume dos católicos de suprimir a proteína do cardápio.

Agora que o consumidor perdeu a confiança na qualidade do produto, após a Operação Carne Fraca da Polícia Federal, há quem defenda o boicote.

Avalio, no entanto, que é estupidez tal iniciativa. Do ponto de vista da saúde trata-se de proteína animal importante para ficar fora do cardápio.

E no aspecto econômico, não faz sentido estimularmos medidas prejudiciais que só tendem a estender a recessão econômica a que está submetido o País.

Os crimes denunciados sem dúvida são graves, como a adulteração de produtos estragados, e com data de validade vencida.

Mas o que temos de defender e cobrar são medidas eficientes para afastar os corruptos do sistema de fiscalização, e que sejam tomadas medidas para garantir a saúde e tranquilidade do consumidor ao adquirir tais produtos.

Não há dúvida que será um trabalho árduo para o setor recuperar a credibilidade. E para o consumidor é preciso reforçar a cautela na hora da escolha da carne e derivados a serem levados para casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentarios