Oferta personalizada de supermercado requer cautela

Oferta personalizada de supermercado requer cautela

Por meio de aplicativos, redes identificam padrões de consumo e podem oferecer até 40% de desconto; facilidade, porém, não dispensa pesquisa pelo menor preço

Economia & Negócios

24 Julho 2017 | 11h26

Redes de supermercados têm estimulado os consumidores a baixar seus aplicativos para economizar nas compras, mediante ofertas personalizadas.

Os estabelecimentos baseiam-se em padrões de compras dos usuários cadastrados para definir os programas de descontos em plataformas digitais.

(Foto: Amanda Perobelli/Estadão)

Por mais que as promessas sejam de descontos que superam 40% nos preços dos produtos que o cliente costuma adquirir com frequência, é preciso cautela.

Não deixe de pesquisar em outros locais, porque só a comparação de preços vai garantir que esteja realmente economizando com as ofertas. Pode ser apenas uma estratégia de marketing para te fisgar.

Além disso, não gaste mais do que o planejado. Se utilizar os aplicativos como mais opções de economia, o ganho será todo seu.

Para as redes é uma saída diante do cenário econômico do País. O esforço é válido para tentar melhorar as vendas.