ABBC estrutura câmara de registros de títulos alternativa à B3

ABBC estrutura câmara de registros de títulos alternativa à B3

Economia & Negócios

13 Maio 2018 | 04h00

A Associação Brasileira dos Bancos (ABBC), que tem 77 instituições financeiras associadas, estrutura para lançamento em até 12 meses uma câmara de registros de títulos, como Certificados de Depósito Bancário (CDBs), letras financeiras e outros papéis emitidos pelos bancos para levantar recursos para suas operações. A criação da câmara tem por objetivo reduzir os custos relacionados a registro, serviço prestado hoje unicamente pela B3. Futuramente, a ideia é que, além do registro, a câmara cumpra serviços de depósito e liquidação dos títulos.

De olho. O negócio de títulos e valores mobiliários da B3, herdado da Cetip, registrou no primeiro trimestre do ano um volume de R$ 288,908 milhões. A linha referente aos registros gerou uma receita de R$ 29,624 milhões no período citado. Além da ABBC, outros players privados estão de olho nesse mercado.

Siga a @colunadobroad no Twitter