American Express estreia novo modelo no Brasil a partir de julho

Coluna do Broadcast

06 Junho 2017 | 05h00

A American Express, cuja operação brasileira está nas mãos do Bradesco, terá um novo modelo de atuação a partir de julho. As transações da marca passam a ser capturadas de forma plena pela Cielo, de Bradesco e Banco do Brasil, e ainda a Rede, do Itaú Unibanco, a GetNet, do Santander, e a First Data. Farão, assim o registro, processamento e liquidação das transações.

Aberto

O passo dado pela American Express segue o processo de full adquirência, que deve trazer mais concorrência ao mercado das “maquininhas”, atendendo ao desejo do Banco Central, que passou a regular o segmento. Na prática, visa a acabar com contratos de exclusividade ainda existentes entre bandeiras e adquirentes, na direção da abertura definitiva deste mercado no Brasil, que começou em 2010.

Siga a @colunadobroad no Twitter