Aquisição da FLC por Fundo Victoria vai parar em arbitragem

Aquisição da FLC por Fundo Victoria vai parar em arbitragem

Coluna do Broadcast

26 Outubro 2017 | 05h00

A compra da FLC, que nasceu como uma importadora de lâmpadas em 1992, pelo fundo de private equity Victoria Capital Partners foi parar em uma câmara arbitral. O pagamento da aquisição foi fechado em cinco parcelas, mas duas deixaram de ser liquidadas junto à família fundadora, que também é responsável por um dos maiores projetos sociais do País. O valor da transação não foi divulgado na época. Em 2014, ano da aquisição, a FLC faturava cerca de R$ 300 milhões, valor que já estaria 30% menor atualmente. No ano passado, inclusive, uma fábrica de lâmpadas de led da companhia, em São Paulo, foi fechada. O fundo alega que não foram cumpridas cláusulas contratuais, o que os fundadores negam. No Brasil, o Victoria tem participações em empresas como a Oncoclínicas, Elemedia e Damásio. Procurados, o fundo Victoria e a família fundadora da companhia não responderam.

Siga a @colunadobroad no Twitter