BB adere ao mercado livre de energia e prevê economia de até 19% em 5 anos

BB adere ao mercado livre de energia e prevê economia de até 19% em 5 anos

Coluna do Broadcast

17 Agosto 2017 | 05h00

O Banco do Brasil vai aderir ao mercado livre de energia em mais uma iniciativa de corte de custos da instituição financeira, que está debruçada em ser mais eficiente e encostar no retorno dos concorrentes privados. O primeiro passo será a migração de 24 prédios administrativos, dependências com maior consumo de energia, para esse regime. A expectativa de economia é de até 19% em no máximo cinco anos, contados a partir de 2018. Atualmente, o BB opera no ambiente de contratação regulada (ACR), também chamado de mercado cativo, com tarifas fixa.

Siga a @colunadobroad no Twitter