BB vai esperar momento mais favorável para re-IPO do banco Patagônia

BB vai esperar momento mais favorável para re-IPO do banco Patagônia

Coluna do Broadcast

14 Janeiro 2018 | 05h00

Mais de um ano e meio após ter anunciado a intenção de fazer uma nova oferta de ações do argentino Patagônia, o Banco do Brasil ainda prefere aguardar ventos mais favoráveis no mercado para tirar do papel a operação que, na prática, é uma re-listagem. Por ora, continua tudo como está. Na Argentina na semana passada, para reuniões na instituição, o presidente do BB, Paulo Rogério Caffarelli, garantiu que o ativo não está à venda, a despeito de ter atraído interessados no ano passado. O grande entrave para uma negociação em torno do Patagônia sempre foi preço. Isso porque a operação do argentino é rentável e, portanto, não faz sentido para o BB se desfazer da sua fatia por um valor abaixo do patamar justo. “O Patagônia não está à venda”, afirmou Caffarelli, durante uma reunião na Argentina na ocasião. O BB possui 58,97% do Patagônia, mas cogitava vender apenas 8,5% em uma eventual oferta de ações.

Siga a @colunadobroad no Twitter