Bônus da Odebrecht que vence dia 25 embute expectativa de pagamento

Bônus da Odebrecht que vence dia 25 embute expectativa de pagamento

Coluna do Broadcast

08 Abril 2018 | 05h00

Enquanto os bônus da Odebrecht de vencimento de longo prazo são negociados a preço que embute perspectiva de não serem honrados, os papéis com liquidação mais próxima operam em patamar que reflete confiança no seu pagamento. Ou seja, os bônus perpétuos da Odebrecht valem 36% do valor de face e os bônus que vencem no próximo dia 25, e somam R$ 500 milhões, operam a 86% do valor de face. Sem lógica? Não. A interpretação de operadores do mercado de dívida é de que a empresa não deixará de cumprir com esse compromisso, mesmo que tenha de fazer uso de seu caixa para isso.

Passando o chapéu
A companhia tem feito vários esforços para se reequilibrar, sendo o mais recente passo uma dura negociação com bancos para obter um novo empréstimo de R$ 3 bilhões. Itaú Unibanco e Bradesco já teriam topado liberar os recursos, mas fizeram exigências no que tange à garantia oferecida: as ações da Braskem. Procurada, a Odebrecht Engenharia e Construção informou que continua a concentrar esforços para honrar compromissos de curto e longo prazos.

Siga a @colunadobroad no Twitter