Bradesco registra mais de 5 mil adesões ao seu primeiro PDV

Bradesco registra mais de 5 mil adesões ao seu primeiro PDV

Coluna do Broadcast

29 Agosto 2017 | 05h00

A quatro dias de terminar, o Bradesco soma pouco mais de 5 mil adesões ao primeiro programa de demissão voluntária (PDV) de sua história. O número está em linha com a expectativa da alta cúpula do banco, que tinha uma preocupação de que a demanda fosse elevada a ponto de deixar sequelas operacionais.

Um pouco mais
Alguns executivos apostavam em até 10 mil adesões no âmbito do público elegível. Como o programa, iniciado dia 17 de julho, vai até a próxima quinta-feira, 31, o número ainda pode crescer entre 10% e 20%. Com o PDV, o Bradesco pode voltar a ter menos de 100 mil funcionários, como era antes do HSBC. Ao final de junho último, o banco somava 105,143 mil pessoas em seu quadro.

Gordura
O primeiro PDV do Bradesco tem como foco eliminar a gordura gerada com a integração do HSBC, que adicionou cerca de 20 mil funcionários ao banco. Procurado, o Bradesco não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter