Cargill está interessada na americana Pilgrim’s, controlada pela JBS

Cargill está interessada na americana Pilgrim’s, controlada pela JBS

Coluna do Broadcast

26 Julho 2017 | 05h00

A empresa de alimentos Cargill estuda a aquisição da Pilgrim’s Pride, maior processadora de carne de frango norte-americana, da JBS. O ativo já foi alvo de disputa com a empresa brasileira, que acabou levando o negócios em 2009, por US$ 2,8 bilhões, com a ajuda de um financiamento de US$ 2 bilhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Considerando o preço de negociação na Bolsa de Nova York, a Pilgrims vale cerca de US$ 6 bilhões atualmente.

A conferir
Uma efetiva aproximação, entretanto, pode demorar. Primeiro, será preciso entender como o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ, na sigla em inglês) vai se posicionar em relação ao caso de corrupção da JBS, que pode ser questionada por acionistas norte-americanos

Parceiros
Cargill e JBS fizeram negócio recentemente. Em 2015, por meio da Swift Pork Company, a empresa brasileira pagou US$ 1,45 bilhão pela operação de suínos da Cargill nos EUA. Na ocasião, a companhia dos irmãos Batista afirmou que a aquisição estava em total sinergia com a Pilgrim’s Pride.

Outro lado
A JBS esclarece que a empresa Pilgrim’s Pride não está à venda e que anunciou oficialmente, em 20 de junho, seu programa de desinvestimentos, que inclui a alienação da participação acionária de 19,2% na empresa Vigor Alimentos S.A, a irlandesa Moy Park e negócios da Five Rivers nos Estados Unidos e no Canadá. A Cargill disse não comentar rumores de mercado.

Siga a @colunadobroad no Twitter