Caso Nuzman é usado no mercado para evidenciar valorização do ouro

Caso Nuzman é usado no mercado para evidenciar valorização do ouro

Coluna do Broadcast

08 Outubro 2017 | 05h00

A prisão pela Polícia Federal de Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Rio 2016, já está sendo utilizada no mercado para evidenciar a grande valorização do ouro. Entre os bens encontrados na casa de Nuzman, havia 16 quilos da commodity, ativo que já se valorizou 10% em dólar neste ano. Em relatório da L2 Capital, por exemplo, Marcelo Lopez aponta que, do ponto de vista de investimento, Nuzman estava certo. Segundo ele, há inúmeras evidências no mercado externo que mostram que o ouro ainda tem muito mais espaço para subir de valor.

Siga a @colunadobroad no Twitter