Com baixa disputa, seguradora Pottencial adia entrega de propostas

Com baixa disputa, seguradora Pottencial adia entrega de propostas

Coluna do Broadcast

03 Outubro 2017 | 05h00

A seguradora mineira Pottencial decidiu postergar o prazo para o recebimento de ofertas não vinculantes no âmbito do seu processo de venda. A data-limite era sexta-feira, 29, mas foi adiada por mais uma semana. O certame está sendo assessorado pelo Credit Suisse.

Abandonando o barco
Algumas candidatas tidas como players naturais a levarem a Pottencial desistiram do ativo no meio do caminho. Entre elas, estão a francesa Axa e a canadense Fairfax. A atenção, assim, fica ainda mais voltada para a chinesa Fosun, que procura um ativo de seguros no País. O grupo tentou levar a Austral, da Vinci Partners, no ano passado, mas não teve sucesso. Recentemente, o chinês adquiriu o controle da gestora Rio Bravo e da corretora Guide Investimentos no Brasil.

Frustrado
Na primeira etapa do processo, a Pottencial obteve a adesão de 19 interessados, entre seguradoras e fundos de private equity, que assinaram acordo de confidencialidade. No entanto, o preço de cerca de R$ 1,5 bilhão almejado pelos acionistas, dentre eles a família Mattar, sócia-fundadora da Localiza, já era apontado como um fator impeditivo ainda que a operação fosse tida como “redonda” no mercado. Procuradas, Pottencial, Axa e Fairfax não comentaram.

Siga a @colunadobroadcast no Twitter