Com caducidade em vista, disputa por Viracopos esquenta

Com caducidade em vista, disputa por Viracopos esquenta

Coluna do Broadcast

22 Março 2018 | 05h00

A perspectiva de caducidade da concessão do aeroporto de Viracopos está movimentando alguns investidores interessados no ativo. O IG4 Capital, de Paulo Mattos, fez proposta para assumir o controle da concessão. A proposta envolveria um acordo com os bancos credores e um aporte de US$ 100 milhões para quitar outorga em atraso e reestruturar o aeroporto. O IG4 também traria um operador internacional para gerir Viracopos. Outro interessado é a Stardboard, por meio de um fundo constituído com a norte-americana Apollo, que negocia uma proposta envolvendo a injeção de R$ 500 milhões pela participação de controle e para investimentos. Ambos os proponentes são especializados em ativos problemáticos.

Gargalo. A concessionária Aeroportos Brasil – Viracopos tem até a terceira semana de abril para atender exigências da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que notificou os sócios para endereçar problemas verificados pela reguladora, entre os quais R$ 250 milhões em atraso no pagamento da outorga. Os controladores já notificaram o governo de que devolverão a concessão.

Siga a @colunadobroad no Twitter