Conselheiros do Société Mondiale e Pharol querem estar em assembleia da Oi

Conselheiros do Société Mondiale e Pharol querem estar em assembleia da Oi

Coluna do Broadcast

20 Outubro 2017 | 05h00

Os conselheiros da Oi indicados pelo Société Mondiale, do empresário Nelson Tanure, e pela Pharol (antiga Portugal Telecom) pediram ao juiz do processo, por meio do administrador judicial, para participarem da Assembleia Geral de Credores. Na petição, o administrador diz não se opor. Nos bastidores, o entendimento é de que participarão só como observadores, visto que o foro é dos credores.

Crachás na mão. Já a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) quer receber duas credenciais distintas de votação. Como credor, quer votar pela parte do crédito correspondente às multas administrativas ainda não transitadas em julgado. Também deseja, via Procurador Federal, votar sobre a parte do crédito correspondente às multas já transitadas. Com o chapéu de agência reguladora, quer ter ainda dois representantes legais como ouvintes. (Mariana Durão)

Siga a @colunadobroad no Twitter