Consolidadoras, Petz e Cobasi podem seguir rumo aos fornecedores

Consolidadoras, Petz e Cobasi podem seguir rumo aos fornecedores

Coluna do Broadcast

09 Agosto 2017 | 05h00

Apontadas como consolidadoras no mercado “pet” no Brasil, Cobasi e Petz, do fundo Walburg Pincus, precisarão agora definir para qual ponta do mercado irão mirar. Uma das apostas seria a cadeia de fornecimento, de olho no mercado de marcas próprias que poderia ampliar a rentabilidade do negócio.

Público-alvo Demanda não falta. O Brasil é o segundo país do mundo com mais animais de estimação, com um total de 132 milhões de bichinhos, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). Somente no ano passado, o mercado movimentou R$ 18,6 milhões, alta de 4,9% ante 2015, mesmo em tempos de crise.

Siga a @colunadobroad no Twitter