Cresce ocupação dos prédios corporativos em São Paulo

Cresce ocupação dos prédios corporativos em São Paulo

Coluna do Broadcast

23 Julho 2017 | 05h00

Foto: Rafael Arbex / Estadão Conteúdo 

Os espaços vagos nos prédios corporativos em São Paulo diminuíram levemente na primeira metade do ano, o que indica maior confiança das empresas em expandirem seus escritórios ou migrarem para prédios com instalações melhores. A vacância – indicador que mede o porcentual das áreas desocupadas – caiu de 21,2% em março para 19,6% em junho, segundo pesquisa da consultoria Newmark Brasil.

Endereços nobres. As locações estão concentras nas regiões consideradas mais nobres de São Paulo, como as avenidas Berrini, Chucri Zaidan, Faria Lima e Marginal Pinheiros, na zona sul da cidade. Há algumas semanas, a seguradora alemã HDI Seguros assinou contrato de locação de três andares, ou cerca de 5 mil metros quadrados, no edifício WT Morumbi, pertencente à Brookfield. O aluguel médio em São Paulo gira em torno de R$ 93,6/m2. (Circe Bonatelli)

Siga a @colunadobroad no Twitter