Depois de reestruturar dívida, Centauro parte para IPO

Depois de reestruturar dívida, Centauro parte para IPO

Coluna do Broadcast

05 Setembro 2017 | 05h00

A Centauro, varejista de produtos esportivos, está acelerando os passos para abrir capital. A companhia, que encerrou o processo de reestruturação de uma dívida de mais de R$ 300 milhões, já está selecionando bancos de investimento para conduzir sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). Devem integrar o grupo os atuais credores como Itaú Unibanco, Bradesco e Banco do Brasil, além de outros players. A oferta da Centauro deve ser primária e secundária. Assim, além de injetar dinheiro novo em caixa, possibilitando o pagamento de dívidas, serviria ainda para a saída da GP Investimentos. A reestruturação da dívida da Centauro se concentrou justamente nos principais credores – Itaú, Bradesco e BB –, o que foi considerado suficiente para restabelecer a saúde financeira da varejista. O passivo foi alongado por 5 anos, com 12 meses para o início de pagamento de juros e 24 meses para começar a pagar o principal. O processo de renegociação da dívida foi assessorado pela Stardboard e pelo Felsberg Advogados. Procurada, a Centauro não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter