Eletropaulo e Eletrobrás ficam mais próximas de acordo

Eletropaulo e Eletrobrás ficam mais próximas de acordo

Coluna do Broadcast

02 Março 2018 | 05h00

A Eletropaulo e a Eletrobrás estão em vias de bater o martelo e assinar um acordo que colocará fim à disputa judicial bilionária que se arrasta há décadas, referente a um empréstimo feito pela distribuidora paulista em 1986, quando ainda era estatal. As empresas já haviam acertado o valor de cerca de R$ 1,6 bilhão a ser pago pela distribuidora para encerrar o imbróglio, mas ainda buscam um entendimento para a forma de pagamento, que deve incluir uma parcela inicial à vista entre R$ 300 milhões, que seriam defendidos pela distribuidora, e R$ 700 milhões, desejados pela Eletrobrás. O valor restante será pago em parcelas anuais, num prazo menor que os 10 anos inicialmente sinalizados

Caixa. A forma de pagamento é sensível para as duas partes. Na Eletrobrás, a entrada do maior volume possível de recursos no curto prazo é importante no processo de redução de endividamento que a estatal desenvolve desde o ano passado. Já a Eletropaulo quer que os compromissos sejam compatíveis com seu fluxo de caixa e não quer atrelar o acordo a qualquer plano de emissão de ações, muito embora a distribuidora já tenha admitido que estuda essa alternativa para financiar seu plano de negócios. Essa operação deve ser anunciada após a finalização do acordo. Procuradas, as empresas evitaram comentários. (Com Luciana Collet)

Siga a @colunadobroad no Twiiter