Em meio a disputa com correios, Mercado Livre amplia opções logísticas

Em meio a disputa com correios, Mercado Livre amplia opções logísticas

Coluna do Broadcast

07 Março 2018 | 05h00

Enquanto briga judicialmente para derrubar um aumento de preços nos Correios, o Mercado Livre viu crescer em 633% a procura por serviços alternativos de frete. No modelo chamado de fulfillment, quem vende produtos no site conta com serviços de armazenamento, embalagem e entrega. Neste caso, a maior parte das entregas é feita pela DHL. Junto com a empresa de logística, aliás, agora o Mercado Livre tem a opção de entregas no dia seguinte para as cidades da Grande São Paulo, de Belo Horizonte e do Rio de Janeiro.

Disputa. O Mercado Livre tem encabeçado uma campanha contrária ao reajuste nos preços de frete. Os Correios dizem que a média de reajuste será de 8% para a maioria das postagens realizadas, mas o Mercado Livre calcula que rotas entre cidades fora dos grandes centros terão um aumento de até 51%. Uma liminar acatada pela Justiça Federal em favor do Mercado Livre na última sexta-feira, 2, suspendeu o reajuste para os itens comprados no site. (Dayanne Sousa)

Siga a @colunadobroad no Twitter