Empresa da Refit consegue reduzir ICMS e gera desconforto no setor

Empresa da Refit consegue reduzir ICMS e gera desconforto no setor

Coluna do Broadcast

03 Dezembro 2017 | 05h00

Depois de tentar, sem sucesso, via liminar reduzir as alíquotas de PIS/Cofins para importação de combustíveis na Justiça de Alagoas, a Axa Oil Petróleo, empresa do grupo Refit (ex-Manguinhos), conseguiu junto ao governo do Amapá um regime especial para a importação de derivados de petróleo, com redução de ICMS para 4%, com validade para o descarregamento em qualquer porto no País. Logo, a empresa deve levar o produto de Santos para a Refinaria, no Rio de Janeiro. No mercado, essa redução gerou desconforto e um questionamento se todo o grupo Refit também pagará imposto reduzido. Isso porque a Refinaria deve, considerando apenas o ICMS, cerca de R$ 5 bilhões. A Refit rechaça qualquer tipo de benefício “obtido por essa empresa que possa trazer qualquer diferencial” para a companhia.

Siga a @colunadobroad no Twitter