Empresas brasileiras aderem a benefícios flexíveis

Empresas brasileiras aderem a benefícios flexíveis

Coluna do Broadcast

12 Janeiro 2018 | 05h00

Apesar da resistência de muitos gestores, os benefícios relacionados à flexibilidade no trabalho caíram no gosto das empresas brasileiras. E já vão além dos tradicionais auxílios financeiros como alimentação e transporte, segundo levantamento da consultoria Mercer Marsh Benefícios. A pesquisa consultou 690 empresas que, juntas, empregam 1,7 milhão de colaboradores. Da amostra, 80% das organizações oferecem algum benefício relacionado à flexibilidade no trabalho.

Descolado
O traje casual, por exemplo, já foi implantado em 50% das organizações e o horário flexível, em 49%. Já a licença maternidade estendida e o home office são praticados em 29% e 28% das companhias, respectivamente. Outras ações, como day off no aniversário e licença paternidade estendida também estão entre os programas de flexibilidade no trabalho oferecidos.

Siga a @colunadobroadcast no Twitter