Empresas holandesas vêm ao Brasil e buscam negócio em “água”

Empresas holandesas vêm ao Brasil e buscam negócio em “água”

Coluna do Broadcast

29 Agosto 2017 | 05h00

Uma missão com sete empresas holandesas, chefiada pelo Consulado do país europeu, chegará ao Brasil de olho em uma área em que a Holanda tem expertise notório: água. Por estar abaixo do mar, o país é reconhecido mundo afora pela construção de diques e barragens. Ao desembarcar no Brasil, essas companhias pretendem oferecer algumas soluções comuns por lá, como, por exemplo, o monitoramento de barragens, algo que se mostrou necessário desde a tragédia de Mariana, em Minas Gerais, causada pelo rompimento de uma barragem da mineradora Samarco.

É negócio
O Consulado já vem discutindo soluções com a Fundação Renova, criada exatamente para gerir os programas de reparação dos impactos do rompimento da barragem de Fundão, há quase dois anos. Outro negócio que as empresas holandesas estão de olho é para o monitoramento da qualidade da água.

Siga a @colunadobroad no Twitter