Falta de entendimento entre CSN e Deloitte deixa balanço sem data

Falta de entendimento entre CSN e Deloitte deixa balanço sem data

Coluna do Broadcast

27 Junho 2017 | 05h00

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e a Deloitte estão debruçadas sobre os últimos balanços trimestrais da empresa, que precisaram ser revisados por conta da combinação de negócios das atividades de mineração e logística da companhia, no fim de 2015. Ao mercado, a CSN tem reiterado que a revisão ocorre por conta do tratamento fiscal da operação com a Namisa, com a criação da Congonhas Minérios. No entanto, auditoria e empresa não chegam a um acordo e a Deloitte não quer assinar o documento. Assim, perto do fim do segundo trimestre, há duas divulgações de resultados atrasadas, uma vez que a última foi feita no intervalo de julho a setembro de 2016. No acumulado deste ano, as ações da empresa caem quase 40%. Procuradas, CSN e Deloitte não comentaram.

Siga a @colunadobroad no Twitter