Grandes bancos fazem ofensiva em comércio exterior com BNDES menos ativo

Grandes bancos fazem ofensiva em comércio exterior com BNDES menos ativo

Coluna do Broadcast

29 Dezembro 2017 | 09h37

Os grandes bancos brasileiros passaram a ver com outros olhos o segmento de comércio exterior, após o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tirar o pé do acelerador. Depois de o Banco do Brasil criar uma área com foco exclusivo para reforçar sua atuação, o Santander Brasil também demonstra apetite pelo segmento. Tanto é que, neste mês, o espanhol reuniu 11 entidades de fomento internacionais com cerca de 130 exportadores do País, que estão em busca de alternativas de crédito.

Tímido
No acumulado de janeiro a novembro, a América Latina foi destino de menos de 5% do total de financiamento concedido pelas agências multilaterais e de crédito à exportação no mundo, segundo dados da consultoria TXF Data. A expectativa é de que o Brasil ganhe um pouco mais de espaço desse bolo em 2018 na esteira da retomada da economia.

Siga a @colunadobroad no Twitter