Indicadas da Aberdeen saem na frente na disputa por Conselho da Vale

Indicadas da Aberdeen saem na frente na disputa por Conselho da Vale

Coluna do Broadcast

06 Outubro 2017 | 05h00

Apoiada pela gestora Aberdeen, a especialista em governança corporativa Sandra Guerra ganhou pontos na corrida pelo conselho de administração da Vale. A consultoria internacional de recomendação de votos Glass Lewis se manifestou a favor de Sandra para a eleição de conselheiros independentes marcada para o dia 18 deste mês. O voto nela foi recomendado ainda pela Institutional Shareholder Services (ISS), assim como em Isabella Saboya, conselheira da Wiz e do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) que também foi indicada pela gestora britânica. Nesta sexta-feira, 6, Glass Lewis e ISS tornarão pública sua recomendação de voto.

Diversidade
O relatório de recomendação da Glass Lewis ressalta a extensa experiência internacional de Sandra, seu conhecimento em governança e na implementação de mudanças relevantes nas empresas. Para a ISS, seu nome e o de Isabella provavelmente trarão diversidade e um conjunto diferente de habilidades ao conselho da Vale.

Agenda livre
Tanto a Glass Lewis como a ISS avaliaram bem todos os candidatos na disputa. Sandra e Isabella, no entanto, têm a vantagem de possuírem menos compromissos com outros conselhos em comparação aos concorrentes Marcelo Gasparino, conselheiro na Eletropaulo e na Eternit, e Ricardo Reisen, conselheiro da Oi, indicados por um grupo de minoritários liderado por Geração Futuro e Tempo Capital. A assembleia do dia 18 elegerá pela primeira vez membros independentes ao conselho da mineradora. Estão em disputa 2 de um total de 12 vagas.

Siga a @colunadobroad no Twitter