Inesfa aponta que preço do aço pode subir com fusão de Arcelor e Votorantim

Inesfa aponta que preço do aço pode subir com fusão de Arcelor e Votorantim

Coluna do Broadcast

23 Agosto 2017 | 05h00

A fusão dos negócios de aços longos da Votorantim e da ArcelorMittal no Brasil deverá aumentar o preço do aço, calcula o Inesfa, entidade que representa as empresas de sucata, matéria-prima utilizada na fabricação do produto. O Instituto, assim como a CSN, é parte interessada no ato de concentração em análise no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), em uma operação já considerada complexa pelo órgão. A Gerdau, maior concorrente da Arcelor no Brasil na produção de aços longos, não fez o pedido para ser parte interessada. A siderúrgica disse enxergar a operação em questão como neutra do ponto de vista concorrencial.

Siga a @colunadobroad no Twitter