IRB motiva Grupo Austral, da Vinci, a cogitar IPO

IRB motiva Grupo Austral, da Vinci, a cogitar IPO

Coluna do Broadcast

15 Agosto 2017 | 05h00

O preço pago pelas ações do ressegurador IRB Brasil Re em sua recente abertura de capital acendeu o interesse do grupo Austral, controlado pela Vinci Partners, em seguir pelo mesmo caminho e também listar ações na bolsa brasileira. A possibilidade aparece depois de tratativas frustradas de venda do controle da companhia, formada por uma seguradora e uma resseguradora, no ano passado. O grupo, porém, ainda não teria contratado bancos para tocar sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

Faltou glamour
Os controladores da Austral chegaram até a última etapa da venda do grupo para o chinês Fosun, no ano passado. O negócio, entretanto, não vingou após um processo que teria atraído oito investidores estratégicos.

Isca
A percepção é de que a abertura de capital pode render uma melhor precificação para o grupo Austral, bem como servir de pressão para que eventuais interessados ‘olhem’ seus ativos. Recentemente, a corretora XP Investimentos fez o mesmo com Itaú Unibanco. Com cerca de R$ 500 milhões em caixa, o grupo Austral, que tem foco em seguro garantia, riscos de petróleo e de propriedade, não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter