Italiana Azimut busca novas aquisições para expandir gestora no Brasil

Italiana Azimut busca novas aquisições para expandir gestora no Brasil

Coluna do Broadcast

14 Fevereiro 2018 | 05h00

A Azimut, maior gestora independente de recursos italiana, está de olho em novas aquisições para expandir sua operação no Brasil, atenta à acelerada consolidação do mercado de administração de recursos local. Depois de dobrar seus ativos sob gestão em 2017, para mais de R$ 4 bilhões, o braço de wealth management, que consolidou a FuturaInvest e a LFI no País, espera alcançar a cifra de R$ 6,5 bilhões neste ano.

Ti voglio
Do lado orgânico, a gestora, comandada por Antonio Costa (foto) e que até então priorizava investidores com mais de R$ 1 milhão ou R$ 10 milhões disponíveis, ampliou o seu escopo. Mira, agora, clientes com capacidade de investimento abaixo da marca de R$ 1 milhão. O salto junto a este público deve ocorrer com o lançamento, no fim deste mês, de contas digitais, aquecendo a disputa por essa clientela, que tem sido alvo de bancos médios no Brasil.

Siga a @colunadobroad no Twitter