Maior credor do Heber, Caixa quer sua dívida fora da recuperação judicial

Maior credor do Heber, Caixa quer sua dívida fora da recuperação judicial

Coluna do Broadcast

22 Agosto 2017 | 05h00

A Caixa Econômica Federal quer impugnar a lista de credores do Grupo Heber, na qual consta como detentor quirografário de dívida – ou seja, que não tem garantias atreladas à sua exposição, de cerca de R$ 2,8 bilhões. A reclamação do banco estatal é de que seus créditos estão garantidos e devem ficar fora do processo de recuperação na Justiça. Alega ainda que a Concessionária SPMar, do Grupo Heber, está alienada à Caixa e que é detentora de todos os recebíveis da concessão. O Heber entrou com pedido de recuperação judicial na semana passada, com uma dívida total de R$ 7,8 bilhões.

Como tudo começou
A SPMar é responsável pelos trechos Leste e Sul do Rodoanel Mário Covas, que interliga as rodovias estaduais paulistas Anchieta e Imigrantes às rodovias Ayrton Senna e Presidente Dutra. A concessão foi obtida em 2011. Procurado, o Grupo Heber informa que está convencido de que os argumentos para o seu pedido de Recuperação Judicial são sólidos e consistentes. Diz ainda que “aguarda com tranquilidade e otimismo a decisão da Justiça”.

Siga a @colunadobroad no Twitter