Minoritário da Braskem irá à CVM contra aquisição da Cetrel

Minoritário da Braskem irá à CVM contra aquisição da Cetrel

Coluna do Broadcast

04 Outubro 2017 | 05h00

Os acionistas minoritários da Braskem, liderados pela Geração Futuro L.Par, entrarão, provavelmente até o fim desta semana, com uma reclamação na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), contra o voto proferido pela Petrobrás, que possui 47% do capital votante da petroquímica, em favor da recompra da Cetrel, hoje pertencente à Odebrecht – também do bloco de controle. O argumento é de que a estatal não poderia ter votado por ser parte relacionada, já que é signatária do acordo de acionistas da Braskem. Dessa forma, a compra deveria ser desfeita.

Siga a @colunadobroad no Twitter