Novata Megaware leva R$ 1,6 bi em créditos podres do Bradesco

Novata Megaware leva R$ 1,6 bi em créditos podres do Bradesco

Coluna do Broadcast

30 Julho 2017 | 05h00

A estreante Megaware arrematou R$ 1,6 bilhão em créditos podres (vencidos e inadimplentes) do Bradesco. A Ativos, do Banco do Brasil, ficou com outros R$ 2,8 bilhões. É a segunda vez que o banco acessa esse mercado após postergar sua estreia durante anos. O Bradesco chegou a cogitar fazer esse serviço dentro de casa, mas a venda de carteiras vencidas e inadimplentes para terceiros tem melhorado a recuperação dos empréstimos vigentes.

Fora do jogo
Já a Caixa Econômica Federal, maior player do mercado de crédito podre, completa um ano inoperante. Isso porque desde agosto do ano passado foi proibida pelo Tribunal de Contas da União (TCU) de vender carteiras após o órgão identificar irregularidades. Por ora, não há previsão de liberação pelo TCU.

Siga a @colunadobroad no Twitter