Novo Conselho da Usiminas terá na pauta futuro de operação de minério

Novo Conselho da Usiminas terá na pauta futuro de operação de minério

Coluna do Broadcast

14 Março 2018 | 05h00

O novo Conselho de Administração da Usiminas, a ser eleito em abril, terá que tomar uma decisão a respeito de seu negócio de mineração. A siderúrgica mineira vem retomando, desde o ano passado, algumas linhas que estavam paralisadas, aproveitando para exportar. Um projeto, batizado de Compactos, que elevaria a atual capacidade de produção de 12 milhões de toneladas para 29 milhões de toneladas, foi deixado de lado nos anos de preços mais baixos do minério de ferro, crise financeira na companhia e enquanto a empresa estava envolta em sua briga societária, capítulo que parece ter ficado para trás. O assunto se torna urgente, visto que as minas, no atual estágio, têm vida útil estimada apenas até 2024.

Colocando carga. A Mineração Usiminas (Musa) retomou, no ano passado, a produção de duas instalações de tratamento de minério na região de Serra Azul (MG): a instalação de tratamento flotação e a mina Leste. “O Conselho de Administração da Mineração Usiminas mantém avaliações constantes de opções de otimização de suas reservas minerais, não havendo previsão de tomada de decisão no curto prazo”, destaca a siderúrgica mineira.

Siga a @colunadobroad no Twitter