Oi gastou ao menos R$ 5 milhões com assembleia adiada

Oi gastou ao menos R$ 5 milhões com assembleia adiada

Coluna do Broadcast

24 Outubro 2017 | 05h00

O adiamento de última hora da assembleia geral de credores da Oi saiu caro para a companhia, que gastou ao menos R$ 5 milhões com a preparação do evento. Esse custo envolveu a diária de pavilhão no Riocentro – apto a receber 6 mil pessoas -, além de equipes internas e terceirizadas para organizar chegada, credenciamento e votação dos participantes. O processo de recuperação judicial da empresa de telecomunicações é o maior da história nacional, com dívidas de R$ 65 bilhões e 55 mil credores.

Calendário. A Justiça do Rio de Janeiro acatou o pedido de postergação da assembleia na noite da sexta-feira última, 20. O evento estava marcado para ontem, 23, e foi deslocado, inicialmente, para o dia 6 de novembro. Ontem, no entanto, foi remarcado mais uma vez, agora para 10 de novembro. Procurada, a Oi não comentou. (Circe Bonatelli)

Siga a @colunadobroad no Twitter