Ômega Geração quer ocupar espaço da CPFL Renováveis na bolsa

Ômega Geração quer ocupar espaço da CPFL Renováveis na bolsa

Coluna do Broadcast

30 Junho 2017 | 05h00

A Ômega Geração, que tenta emplacar sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), quer ocupar um vácuo na Bolsa brasileira que virá após a deslistagem da CPFL Renováveis. Apesar da pressão por parte de investidores, a ideia da companhia é ser avaliada em ao menos R$ 1,7 bilhão. A intenção dos controladores é usar os recursos obtidos para novas aquisições. A companhia, focada em energia renovável, possui atualmente em seu portfólio 11 empreendimentos eólicos e Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) em operação, com geração estimada em 1.234,4 GWh por ano. Procurada, a Ômega não comentou por estar em período de silêncio. (Com Luciana Collet)

Siga a @colunadobroad no Twitter