Roberto Dagnoni, ex-B3, vira sócio e conselheiro da Fintech Monkey

Roberto Dagnoni, ex-B3, vira sócio e conselheiro da Fintech Monkey

Coluna do Broadcast

08 Dezembro 2017 | 05h00

Roberto Dagnoni, idealizador de diversos projetos de tecnologia da antiga Cetip, se uniu a Marcelo Maisonnave, Eduardo Glitz e Pedro Englert, todos ex-XP, como sócio investidor e conselheiro da plataforma de desconto de recebíveis Monkey Exchange. O propósito da fintech é oferecer solução de financiamento mais barata para cadeias de fornecedores da grande indústria por meio de recebíveis, que são negociados virtualmente na plataforma junto a potenciais investidores, especialmente Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs), numa espécie de leilão.

Mudança de ares. Dagnoni deixou a B3 em setembro, onde ocupava o cargo de vice-presidente executivo da área de financiamento, mesmo segmento que chefiava na Cetip antes da fusão da BM&FBovespa.

 

Siga a @colunadobroad no Twitter