Santander trabalha sozinho em debêntures de Lojas Americanas de R$ 1,5 bi

Coluna do Broad

20 Abril 2017 | 05h00

O Banco Santander trabalha sozinho na emissão de debêntures da Lojas Americanas, numa operação que já conta com interessados. Após mapear o mercado, a transação foi elevada de R$ 1 bilhão para R$ 1,5 bilhão. Até o custo para a companhia, face à demanda, já foi melhorado. Há mais de um ano, os fundos de crédito têm enfrentado grande dificuldade para encontrar debêntures não incentivadas, que são aquelas que não contam com algum tipo de isenção fiscal.

Aquisição?

Com dinheiro em caixa, cresce a expectativa de que a Lojas Americanas, controlada pela 3G Capital, possa estar se preparando para uma aquisição. A operação das debêntures se segue à oferta subsequente (follow on) feita em março. Em sua emissão de ações, no entanto, grande parte dos recursos levantados foram para a B2W. O Santander e a Lojas Americanas não comentaram.

Siga a @colunadobroad no Twitter

0 Comentários