Depois de universidades e agronegócios, Santander quer crescer em saúde

Depois de universidades e agronegócios, Santander quer crescer em saúde

Coluna do Broadcast

30 Junho 2017 | 05h00

O Santander tem um novo alvo no Brasil: o setor de saúde. Depois de apostar na segmentação do atendimento a universidades e ao agronegócio, o banco espanhol quer explorar melhor o público de médicos, estudantes de medicina e ainda hospitais públicos e privados. Hoje, são 980 mil clientes ligados ao setor, os quais possuem um volume de aplicações de R$ 34 bilhões. O potencial está dado: o montante em aplicações é quase quatro vezes o que o Santander empresta para esse grupo. Para encabeçar o projeto, o banco destacou o diretor Sérgio Gonçalves. (Com Dayanne Sousa)

Siga a @colunadobroad no Twitter