Transações de M&A por fundos de private equity caem 38% em janeiro

Transações de M&A por fundos de private equity caem 38% em janeiro

Coluna do Broadcast

28 Fevereiro 2018 | 05h00

As incertezas no Brasil seguem deixando acanhados os investidores de fundos de private equity, que compram participação em empresas, especialmente os estrangeiros, mostrou levantamento da PwC. Em janeiro, o número de transações de fusões e aquisições (M&A, na sigla em inglês) realizadas por tais fundos caiu 38%, para oito, em comparação ao mesmo mês de 2017, quando somavam 13. Os fundos estrangeiros participaram de três operações de M&A em janeiro deste ano, contra seis em janeiro de 2017.

Fraco. De modo geral, ou seja, incluindo também o interesse de investidores estratégicos, janeiro foi um mês de menor movimentação em transações em relação ao ano passado. Houve um total de 47 operações, representando queda de 13% em relação a janeiro de 2017. A região Sudeste concentrou 74% das transações, sendo 60% das aquisições no Estado de São Paulo. Novamente, o setor de tecnologia da informação (TI) respondeu pela maioria dos negócios – 23% do total transacionado em janeiro.

Siga a @colunadobroad no Twitter