Volume de ativos garantidores vinculados à ANS cresce 48%

Volume de ativos garantidores vinculados à ANS cresce 48%

Coluna do Broadcast

29 Dezembro 2017 | 09h40

Enquanto o setor de saúde suplementar ainda tenta consolidar uma trajetória de crescimento de usuários, o volume de ativos garantidores vinculados à Agência Nacional de Saúde (ANS), tais como imóveis, ações, títulos ou valores mobiliários, superou a casa dos R$ 35 bilhões ao final do segundo trimestre deste ano. O montante, que será divulgado amanhã, dia 29, no Prisma Econômico-Financeiro da Saúde Suplementar, documento que traz um raio-x deste mercado, é 48% superior ao observado no final de 2016.

Sem alternativa
Esses ativos podem ser utilizados por operadoras apenas para garantir o pagamento de passivos quando deixam o setor de saúde privado. Recentemente, a ANS, que regula o segmento, permitiu que pequenos grupos com dificuldade financeira também acessassem tais recursos para quitar dívidas com a rede assistencial.

Siga a @colunadobroad no Twitter