3 maneiras de pensar os preços e economizar mais

3 maneiras de pensar os preços e economizar mais

Canal Econoweek

02 Maio 2018 | 07h00

Quando alguém te pergunta quanto custou alguma coisa o que você pensa? Se chutou um valor financeiro, em reais, você pensa como a maioria, mas saiba que há pelo menos três outras maneiras de imaginar os preços que te fazem economizar, e muito!

A primeira delas é pensar em horas trabalhadas. Faça as contas de quanto você ganha por hora. Se é R$ 50, por exemplo, um Playstation 4, em torno de R$ 2 mil atualmente, te custaria 40 horas de trabalho, cerca de uma semana se você for um trabalhador CLT com uma carga horária de 8 horas por dia.

A segunda maneira de pensar os preços é em porcentual do salário. Isso é mais indicado se você trabalha poucas horas por semana, por exemplo, porque a sua hora/ trabalho é valorizada. Fazer as contas com a primeira dica pode te levar a falsa conclusão de subvalorizar o preço.

Outro jeito de pensar os preços é fazendo um câmbio por outra mercadoria, de preferência necessária. Se você gasta R$ 20 por almoço, um vídeo game de R$ 2 mil equivale a quase cinco meses de almoço.

No fim das contas (ou dos pensamentos), você pode chegar a conclusão que realmente quer comprar aquele bem (ou não), mas o importante é você ter a consciência de quanto aquilo custou. Mesmo adquirindo o item, com certeza você lhe dará mais valor a partir de agora.

Mais conteúdo sobre:

dicaseconomizardicaseconomizar