Como identificar um superendividado?

Como identificar um superendividado?

Canal Econoweek

13 Dezembro 2017 | 10h53

Dezembro costuma ser o mês de maior renda do brasileiro, mas também onde as pessoas mais se enrolam com as compras e, assim, acumulam dívidas para janeiro. Apesar da queda da taxa de juros básicos Selic ao longo de 2017, ter dívidas ainda é um custo caro para o consumidor. Existe até quem se encontra em uma situação de superendividamento, mas vamos entender o que é isso.

Um quadro de superendividamento é aquele em que não basta somente querer pagar as dívidas, mas é preciso poder. Os compromissos já envolvem uma parcela tão grande da renda que fica difícil pagá-los sem uma ajuda externa. Para saber se está com esse problema é preciso refletir sobre algumas perguntas:

  1. As dívidas somam mais que 50% da renda?
  2. Você precisa trabalhar para conseguir pagar as dívidas no fim do mês?
  3. O salário termina antes do fim do mês?
  4. As dívidas estão causando brigas familiares?
  5. Não está conseguindo pagar contas básicas como água e luz?
  6. As dívidas tem gerado depressão?
  7. Está com o nome sujo?
  8. Tem atrasado constantemente o pagamento de contas?
  9. Já pediu empréstimo a um familiar?
  10. A família não sabe desse problema?

Se respondeu sim para mais de uma dessas perguntas, está na hora de parar o que está fazendo e buscar a solução. Para isso, existe ajuda especializada. A Fundação Procon-SP possui o Programa de Apoio ao Superendividado  em que busca estabelecer um diálogo com a (s) empresa (s) credora (s) e alcançar uma condição de pagamento que seja possível de ser cumprida. Não adianta a pessoa se comprometer a pagar parcelas altíssimas se isso se tornará insustentável com o tempo. E a ajuda na negociação vale para qualquer tipo de dívida: financiamento, cartão de crédito, cheque especial, etc.

Apesar do apelo de consumo neste fim de ano, é importante ter consciência de colocar o pagamento de dívidas como prioridade, sobretudo as caras. A ajuda do 13º salário e outras bonificações vem em boa hora!