Dicas de finanças para casais

Dicas de finanças para casais

Canal Econoweek

27 Março 2018 | 14h02

Você sabe quanto seu companheiro/a ganha? E quanto ele gasta? Boa parte dos brasileiros tem um relacionamento sério, mas não conversa sobre dinheiro, um grande problema nas finanças se o objetivo é alcançar algo em conjunto. E para falar de finanças a dois, nada melhor que um casal!

No vídeo de hoje contamos um pouco como fazer essa gestão conjunta do dinheiro. É preciso sim falar de dinheiro, mas também manter algumas individualidades. Confira algumas dicas:

  1. Transparência: essa é a palavra chave para o assunto finanças para casais. Cada um deve saber da renda do outro, dos gastos e dos investimentos. Não se deve esconder contas e compras. Tudo deve ser colocado a mesa para que as pessoas avaliem em conjunto quais são as possibilidades para atingir certo plano.
  2. Ter um plano: aliás, de nada adianta economizar se não está definida qual a meta do casal. Uma pessoa pode estar confortável em viver de aluguel enquanto a outra espera usar o dinheiro para comprar uma casa. Se o plano não estiver claro, lá na frente o casal pode ter frustrações quando for usar o dinheiro.
  3. Tenha prazeres individuais: apesar do plano a dois, é preciso manter certa liberdade financeira para que cada um gaste uma parcela da renda com o que quiser. Não há um porcentual certo. Tudo depende da renda e de quão agressivo é o plano. Quanto mais agressivo, menor é a margem para gastos com estilo de vida, como roupas e passeios.
  4. Cuidado com os empréstimos: em um relacionamento, ao sujar o nome a pessoa pode estar não só se prejudicando mas também afetando o outro, principalmente se a relação for um casamento. As dívidas sempre devem ser informadas. Não se deve ter vergonha de abrir o jogo, pois quanto mais tempo passa maior fica o problema.