BC manterá o juro elevado por mais tempo… para o Tesouro Direto, é uma boa notícia

BC manterá o juro elevado por mais tempo… para o Tesouro Direto, é uma boa notícia

Yolanda Fordelone

29 Julho 2016 | 07h00

tesourodireto

O Banco Central endureceu o discurso nesta semana na divulgação da ata da última reunião do Copom, o que o mercado interpretou como um sinal de que a taxa básica de juros (Selic) se manterá elevada por mais tempo do que o previsto. Para o Tesouro Direto, que estava vendo suas taxas de rentabilidade dos papeis prefixados cair nos últimos meses, é uma boa notícia.

O mercado passou os últimos meses apostando na queda do juro, o que fez a taxa futura recuar. Por consequência, as as taxas do títulos prefixados também ficaram mais magras. A Letra do Tesouro Nacional (LTN) com vencimento em 2018, que começou o ano pagando quase 16,5% ao ano de rentabilidade, hoje é ofertada por 12,8%.

O mercado, porém, já tem reagido ao noticiário que aponta para a manutenção da taxa de juros por mais tempo. Em junho, este mesmo título chegou a ficar com juro de 12,5% ao ano. No curto prazo, dizem especialistas, a taxa dos prefixados pode ter uma leve melhora ou, no pior dos casos, parar de recuar.

Isso não significa, no entanto, que o título é indicado para todos os investidores. A escolha entre um papel e outro continua a ser balizada por algumas perguntas que a pessoa deve se fazer:

    1. Vou ficar com o investimento até o vencimento? Se a resposta for não, o título pós-fixado (LFT) continua a ser a melhor opção.
    2. Por quanto tempo quero investir? Se a aplicação for para o longuíssimo prazo, acima de 10 anos, o investidor não encontrará oferta de prefixados ou pós-fixados. Será obrigado a aplicar em papeis atrelados à inflação (NTN-B ou NTN-B Principal).
    3. Pretendo fazer resgates periódicos para complementar a renda? Nesta estratégia, usada por aposentados por exemplo, vale a pena optar por um papel que pague juros semestrais, como o de inflação NTN-B ou o prefixado NTN-F.
    4. Pra onde eu acho que a Selic vai? Em cenários de alta da Selic, o melhor é optar pelo pós-fixado, que acompanha a taxa. Se acredita que a taxa vai cair, o prefixado pode garantir uma boa rentabilidade por mais tempo.

Vale lembrar que qualquer que seja o título escolhido, é necessário escolher um agente de custódia para investir, lista que pode ser encontrada aqui.

Mais conteúdo sobre:

investimentorenda fixaTesouro Direto