Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Economia & Negócios

Economia » ‘FT’ pode ser vendido por até US$ 1,6 bilhão, diz Bloomberg

Economia & Negócios

‘FT’ pode ser vendido por até US$ 1,6 bilhão, diz Bloomberg
As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘FT’ pode ser vendido por até US$ 1,6 bilhão, diz Bloomberg

Rumores sobre a venda de um dos jornais mais tradicionais do mundo dos negócios foram alimentados pelo fato de o grupo Pearson PLC, proprietário do diário britânico, passar a focar mais em seus negócios em educação; jornal é avaliado em US$ 1,6 bi

0

Economia & Negócios

21 Julho 2015 | 12h31

ft_reuters_blog

(Foto: Reuters)

O grupo Pearson PLC, dono do jornal britânico Financial Times, está em busca de compradores para o diário. Segundo fontes ouvidas pela Bloomberg, o jornal é avaliado em pelo menos 1 bilhão de libras (cerca de US$ 1,6 bilhão). Atualmente, o valor de mercado do Pearson PLC é 10,3 bilhões de libras (cerca de US$ 16 bilhões).

Apesar de um processo formal ainda não ter sido estabelecido, potenciais compradores podem ser o grupo de mídia Axel Springer SE (uma das maiores empresas de mídia da Europa) além de investidores da Ásia e do Oriente Médio. As empresas não comentam o assunto.

Rumores sobre a venda do FT já circulam há anos, mas ganharam força após o Pearson passar a investir mais em seus negócios em educação. A empresa não divulga resultados financeiros do jornal separados dos de sua unidade educacional, cujas receitas somaram 1,15 bilhão de libras no ano passado (cerca de US$ 1,8 bilhão).

Um dos jornais mais tradicionais do mundo dos negócios, o FT começou a circular em 1888 e alcançou 720 mil assinantes no ano passado. As assinaturas digitais representam 70% desse total.

Fontes disseram à Bloomberg que é possível que a companhia desista da venda, por enquanto.

No ano passado, o diretor financeiro do Pearson, Robin Freestone, afirmou que não era necessário manter o diário entre os negócios do grupo, mas que sua venda não era prioridade: “Na verdade, essa é uma das marcas que não se vende facilmente”, afirmou na época.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentarios