Quem ganhou e quem perdeu com a inflação de 0,16% em setembro

Regina Pitoscia

06 Outubro 2017 | 13h42

Conhecida a inflação oficial de setembro, de 0,16%, é hora de fazer algumas contas. A partir dela é possível saber se as aplicações estão preservando o poder de compra de seu dinheiro, qual a realidade de suas contas, como o aluguel, e principalmente como anda sua renda.

É fato que a variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), usado como  inflação oficial do País, nem sempre reflete o que se passa mais especificamente no seu bolso. No cálculo do IPCA estão embutidos os preços de 465 itens e com pesos diferenciados. Portanto, vai depender dos hábitos de consumo de cada um. De todo modo, esse é o índice oficial de preços na economia.

Aplicações

Ainda que o rendimento das aplicações da renda fixa tenha desabado junto com a taxa de juro básica da economia, ainda dá para falar em ganho real, acima da inflação.

Em setembro, as cadernetas com vencimento de 1 a 7 de setembro pagaram 0,5% ao investidor, com margem positiva de 0,34%. Já as contas de 8 a 28 do mês renderam 0,4690%, com ganho real de 0,31%.

Na média, os papeis dos bancos pagaram 0,66%, o que equivale a 0,44% de ganho real. O fundo de renda fixa, 0,70%, na média, ou 0,54% real; e o fundo DI, 0,60%, na média, ou 0,44% positivo, acima do IPCA.

Na renda variável, o ganho foi mais gorducho. O Índice Bovespa, que reflete a evolução das ações mais negociadas no pregão da Bovespa, subiu 4,88% em setembro, portanto surfou 4,72% acima da inflação. E o ouro, com valorização de 0,83%, apresentou ganho real, de 0,67%.

Aluguel

Em um ano, de outubro do ano passado a setembro deste ano, a inflação acumulada ficou em 2,54%. Já os alugueis que também são corrigidos pela inflação, mas por outro índice, o IGP-M, não subiram na mesma toada do IPCA. Ou foram mantidos no mesmo valor do que vinha sendo pago no anterior ou sofreram redução de 1,45%.

Condição favorável ao inquilino que não teve aumento no aluguel no mesmo nível da inflação. Prejuízo para o proprietário que não manteve o poder de compra de sua renda.

Salário

Os reajustes salariais também têm rodado acima da inflação. Em setembro, a categoria mais forte, a dos bancários, teve um reajuste garantido pela variação do INPC mais 1% de ganho real, num total de 2,75%.