12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




Você está em Economia
Início do conteúdo

PIB fica ‘entre 2% e 2% e pouco’ em 2013, diz Dilma

Presidente diz que não faz previsões e criticou a imprensa, dizendo que os jornalistas também erram projeções 

18 de dezembro de 2013 | 15h 46
Rafael Moraes Moura, Tânia Monteiro e Vera Rosa, da Agência Estado

BRASÍLIA - Após a saia justa internacional em que se meteu, após dizer em entrevista ao jornal El País que o Produto Interno Bruto de 2012 seria revisado para 1,5% - número que não se confirmou depois -, a presidente Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira, 18, que não faz previsões do PIB e criticou a imprensa, dizendo que os jornalistas também erram as projeções. Segundo a presidente, o crescimento do PIB deste ano deve ficar "entre 2% e 2% e pouco".

"Eu não faço previsões do PIB e acho que vocês não deviam fazer, não, porque vocês erram também, viu?", afirmou Dilma, durante café da manhã no Palácio do Planalto com repórteres que cobrem assuntos da Presidência da República.

Em entrevista ao jornal El País, Dilma havia "antecipado" que o crescimento do ano passado seria revisado para 1,5% - quase o dobro da taxa anterior. "Resolveram reavaliar o PIB. E o PIB do ano passado, que era 0,9%, passou para 1,5%. Nós sabíamos que não era 0,9%, que estava subestimado", disse Dilma ao jornal espanhol. A revisão acabou sendo de 0,9% para 1%.

A conta errada foi atribuída no Palácio do Planalto à Secretaria de Política Econômica, comandada por Márcio Rolland. O mal-estar ultrapassou fronteiras, porque a informação da presidente ao El País acabou criando uma expectativa no mercado que não se confirmou.

"Toda previsão é sujeita a tempestades. Acontece o seguinte: nós temos condições de afirmar que o PIB vai ficar ali entre 2% e 2% e pouco, isso temos condições, porque os números praticamente apontam nessa direção", comentou a presidente nesta quarta-feira, durante o café da manhã com a imprensa.

"Nós neste ano tivemos um desempenho melhor, mais acima do que tivemos em 2012 sob todos os aspectos. Se você olhar a comparação dos outros países do mundo proporcionalmente à nossa situação, nós nos saímos até bem", disse.



Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui


Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo