12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




Você está em Economia
Início do conteúdo

Hyundai produz equipamentos solares em fábrica movida a energia solar

Empresa divulgou fotomontagem do telhado da indústria de equipamentos solares em Seul

02 de maio de 2013 | 10h 40
Economia & Negócios

SEUL - A Hyundai divulgou foto aérea da sua fábrica nos arredores de Seul, Capital da Coreia do Sul, mostrando como ficará a cobertura com a instalação de painéis de captação de energia solar.
A fábrica é a segunda unidade da Hyundai voltada para a produção de equipamentos de energia solar, mercado que vem crescendo mais de 30% ano nos últimos anos.

A fotomontagem mostra praticamente todo o telhado da indústria coberto por painéis capazes de produzir 10 megawatts/hora de energia.

A Hyundai Heavy, empresa do conglomerado Hyundai, maior fabricante mundial de navios, já atua no mercado de células solares, onde fatura mais de US$ 100 milhões por ano.

Segundo a companhia, o mercado de energia solar vem sendo impulsionado no mundo inteiro, principalmente pela preocupação da grande maioria dos países de buscar fontes energéticas limpas.

A companhia inaugurou recentemente a sua primeira fábrica de células solares na Coreia do Sul, na cidade de Umsung.

O alto preço do petróleo nos últimos anos vem incentivando empresas como a Hyundai Heavy e a japonesa Mitsubishi Heavy a ampliarem a atuação no mercado de equipamentos para a produção de energia limpa.

No início deste ano, o governo da China anunciou que pretende mais do que duplicar a capacidade instalada de geração de energia solar neste ano.

A China vai elevar a capacidade instalada de geração de energia solar em 10 gigawatts neste ano. A capacidade chinesa de gerar energia solar era de 3 gigawatts em 2011 e chegou a 7 gigawatts no ano passado.

No Brasil, o preço de equipamentos para geração de energia solar em residências vem caindo, mas um sistema completo ainda custa, em média, R$ 25 mil.

No ano passado, o governo de São Paulo inaugurou a primeira usina de geração de energia solar do Estado e a maior do Brasil, em Campinas. A capacidade de produção é de 1,1 megawatt (MW), suficiente para abastecer 657 clientes por mês com um consumo médio de 200 quilowatts/hora (KWh).Com agências





Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui


Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo