12:18


15 de Abril de 2010

 

Patrocinado por




Você está em Economia
Início do conteúdo

Reajuste do combustível não será automático, informa Petrobrás

Após queda nas ações, petroleira enviou um comunicado ao mercado em resposta a um ofício da CVM solicitando esclarecimentos sobre os parâmetros da política de preços

04 de dezembro de 2013 | 9h 27
Luana Pavani, da Agência Estado

SÃO PAULO - A Petrobrás enviou comunicado ao mercado em resposta a um ofício da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) solicitando esclarecimentos sobre os parâmetros da política de preços. A petroleira inicialmente havia informado que faria reajustes automáticos de preço, e num segundo momento, no dia 29 de novembro, após reunião do conselho anunciou que os parâmetros da metodologia de preços seriam "estritamente internos à companhia".

Depois do anúncio do aumento do preço dos combustíveis na sexta-feira, as ações da Petrobrás despencaram cerca de 10% na segunda-feira. Investidores consideraram o reajuste insuficiente para compensar a defasagem dos preços em relação ao mercado internacional e pesou também a falta de detalhamento da metodologia. Já no fechamento do mercado de ontem, as ações da Petrobrás subiram, mas não o suficiente para recuperar as perdas do dia anterior.

Com o comunidade de hoje, o que a Petrobrás esclarece agora é que a aplicação dos reajustes não será automática como consequência direta da fórmula de precificação. "A metodologia estabelece bandas de reajuste, conferindo à diretoria executiva poder discricionário à luz da dinâmica dos mercados doméstico e internacional", diz o comunicado.

No dia 29/11 foi anunciado o aumento de preços da gasolina e do diesel em 4% e 8%, respectivamente. A metodologia para tal, segundo a Petrobrás, contém parâmetros baseados em variáveis como preço de referência dos derivados no mercado internacional, taxa de câmbio e ponderação associada à origem do derivado vendido, se refinado no Brasil ou importado.

Ainda a nota de esclarecimento rebate especulações sobre a saída da presidente Maria das Graças Silva Foster. "Petrobrás refuta qualquer afirmação desta natureza."





Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui


Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo